MANAUS ESPORTE – 220413 > Damião Ferreira de 63 anos vence Corrida Tiradentes na Ponta Negra e esbanja vitalidade
- Notícias - O melhor do bairro de São José Operário, Manaus, AM

segunda-feira, 22 de abril de 2013
      

MANAUS ESPORTE – 220413 > Damião Ferreira de 63 anos vence Corrida Tiradentes na Ponta Negra e esbanja vitalidade

Damião Ferreira, o Ferreirinha, foi o vencedor dos 10km de sua categoria, neste domingo (21). Ele já participou por 24 vezes da São Sivestre, em SP

Acostumado a provas de longa resistência, Damião Ferreira de Souza, o Ferreirinha, foi o primeiro colocado na categoria até 63 anos da 30ª Corrida Pedestre Tiradentes, realizada na manhã deste domingo (21), na Praia da Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus. O atleta disputou a prova de 10km e disse ao GLOBOESPORTE.COM/AM que não sentiu nenhuma dificuldade ao fazer o percuso, pois está habituado a grandes desafios. E citou como exemplo a Corrida de São Silvestre, em São Paulo.

Ferreirinha já corre há 53 anos e ainda não pensa em parar

- Eu ja disputei a Corrida de São Silvestre 24 vezes e,  já estou me preparando, para este ano, novamente. Já participei de tantas disputas em diversas modalidades esportivas como boxe, caratê, futebol que nem sinto problema algum quando faço uma corrida de 10km. Estou muito bem preparado, graças a Deus - ressaltou o aposentado de 63 anos.

Pai de seis filhos, avô de quatro netos e casado há 30 anos, seu Ferreirinha apontou, ainda, que a vitalidade exibida por ele só é possivel em razão de jamais ter deixado de praticar esportes, mesmo com a idade avançando.

Aos 63 anos, Ferreirinha exibe mais uma vitória

entre os concorrentes

- Eu não troco a minha prática esportiva por nada neste mundo. Não é à toa que mesmo depois de velho, continuo com muita disposição. Inclusive, eu dou de dez a zero em qualquer garoto de 20 anos. Não sou fraco não! - ressaltou o corredor, completando que, nos dias de segunda, quarta e sexta, corre por 3 horas, para manter o preparo físico.

Vida campeã

Seu Ferreirinha pratica esportes desde criança, aos 10 anos, o que já lhe rendeu títulos e mais títulos em diversas modalidades.

- Eu já atuou nos esportes desde os meus dez anos e mesmo com os meus mais de 63 anos de idade, permaneço na ativa. Esse tempo todo já me deu um título de faixa-preta de caratê, além de um Campeonato Amazonense de boxe, na categoria Peso-Pena, em 1979. Eu gostaria que todos os jovens seguissem o meu exemplo - pediu, aconselhando que os mais novos deveriam buscar a prática espotiva, o que, segundo ele, os afastaria do mundo das drogas

Fonte > globoesporte.com/am